terça-feira, 16 de abril de 2013

Três Acidentes Seguidos em Bragança Fazem 2 Feridos Ligeiros e Um Grave

Três acidentes ocorridos esta tarde provocaram ferimentos graves a um mulher de 85 anos e ferimentos ligeiros a mais 2 homens.

O primeiro acidente deu-se na EN 103/7, à entrada da aldeia de Rabal, onde um ciclista terá atropelado uma mulher de 85 anos. Sem precisar as causas do acidente, foram os próprios ciclistas do grupo onde seguia o ciclista que causou o acidente a alertar as forças de socorro, deslocando-se a uma habitação próxima para fazer uma chamada pela rede fixa, pois no local não havia cobertura de rede móvel. 

Os Bombeiros de Bragança foram alertados via central 112, pelas 18h30m, que apesar das poucas informações activaram para o local 2 ambulâncias de socorro. Na chegadas da primeira equipa que apenas demorou 8 minutos a chegar ao local, desde que foi recebido o primeiro alerta na central dos Bombeiros, esta equipa foi recebido com muita contestação e alegações de atraso, por parte dos populares presentes. Após a criação de um perímetro de trabalho alguns populares continuaram com as "feias palavras", não tendo noção que as provocações podem acabar por distrair os socorristas. Deste atropelamento apenas resultou ferida a mulher de 85 anos, tendo sido assistida pelas duas tripulações de socorro que se deslocaram ao local. 

Após esta intervenção a segunda equipa no local foi desmobilizada e activada para um novo acidente, simplesmente uns quilómetros à frente e também um acidente relacionado com uma bicicleta. Desta feita uma queda de outro ciclista entre a aldeia de França e Portelo. Deste acidente resultou um ferido ligeiro. As dificuldades de cobertura de rede nesta zona fez com que o alerta tivesse que ser recebido e transmitido pela central 112 espanhola.


A EN 103/7, que liga Bragança a Espanha, pelo Portelo, tem um traçado que muito agrada aos ciclistas, sendo diariamente utilizada por dezenas destes desportistas ou ciclistas amadores. Aos fins de semana mais  de uma centena de ciclistas fazem este trajecto. Apesar de não haver histórico de acidentes graves, a acumulação destes desportistas  naquela estrada e largura de via poderá trazer alguns acidentes aos seus utilizadores mais incautos. A falta de rede em mais de 50% do trajecto causa problemas à comunicação de desastres nesse trajecto. 


Cerca de meia hora mais tarde após os acidentes na EN 103/7, os Bombeiros de Bragança foram mais uma vez solicitados pelo CODU para prestar socorro a mais um acidente desta vez no acesso à A4 em Rio Frio. A primeira comunicação do CODU dava conta de um acidente rodoviário com um ferido ligeiro. Qual não é o espanto da equipa de socorro quando se depara com mais um acidente de bicicleta. Uma colisão entre um veiculo ligeiro e uma bicicleta provocou ferimentos ligeiros ao ciclista que foi transportado para a urgência do hospital de Bragança.

Distrito
Também durante a tarde ocorreram acidentes em Macedo e Mirandela. Na cidade de Mirandela ocorreu uma queda em altura de um homem, e em Macedo, mais propriamente em Vale de Prados, deu-se um acidente com um tractor.

7 comentários:

Anónimo disse...

Um muito obrigado ao Sr.Presidente da Junta de Freguesia de Rabal que colaborou com as Equipas de Socorro e ajudou a alcamar os ânimos de alguns populares...

Paulo Hermenegildo disse...

Na qualidade de Presidente da Junta de Freguesia de Rabal, quero expressar, muito objectivamente, a forma profissional e dedicada como os nossos homens da paz, Bombeiros Voluntários de Bragança, lidaram com a situação do sinistro ocorrido na minha freguesia. Mais informo que a sinistrada em causa já se encontra em franca recuperação.Quanto ao comentário, nada mais fiz do que aquilo que me cabia eticamente e profissionalmente.

Um abraço amigo,

Paulo Hermenegildo

Paulo Hermenegildo disse...

Na qualidade de Presidente da Junta de Freguesia de Rabal, quero expressar, muito objectivamente, a forma profissional e dedicada como os nossos homens da paz, Bombeiros Voluntários de Bragança, lidaram com a situação do sinistro ocorrido na minha freguesia. Mais informo que a sinistrada em causa já se encontra em franca recuperação.Quanto ao comentário, nada mais fiz do que aquilo que me cabia eticamente e profissionalmente.

Um abraço amigo,

Paulo Hermenegildo

Paulo Ferro disse...

Sr Paulo Hermenegildo, aprece-me a oportunidade para lhe agradecer o apoio nesta situação, bem como em todas as outras em que interagiu conosco, como profissional de saúde, como presidente de junta e como cidadão.
Um cumprimento especial a este exemplar cidadão.
Aproveitamos também para desejar rápidas melhoras à sinistrada.
A Administração CBBraganca.

Paulo Hermenegildo disse...

Amigo Paulo Ferro:

É uma honra e um prazer colaborar convosco.
Estarei sempre ao vosso dispor,pois sei que da vossa parte estais sempre dedicados e disponíveis. Muita saúde para todos vós e força para abraçardes o trabalho que na maioria das situações é muito árduo e duro, cheio de episódios muito difíceis de gerir, mas que o tendes feito com muita sensibilidade . Bem Hajam. Continuação de excelente trabalho.
Paulo Hermenegildo

ACB disse...

Esperemos que tudo acabe bem, com recuperação integral de todos os envolvidos, mas não pudemos deixar de chamar a atenção para o facto de que, destes três ciclistas, só um era portador de licença desportiva da UVP/FPC que, por pouco mais de 2 euros por mês, confere seguro de AP e Resp. Civil!
Para meditar...

ACB disse...

Esperemos que tudo acabe bem, com recuperação integral de todos os envolvidos, mas não podemos deixar de chamar a atenção para o facto de que, destes três ciclistas, só um era portador de licença desportiva da UVP/FPC que, por pouco mais de 2 euros por mês, confere seguro de AP e Resp. Civil!
Para reflectir...